5 Curiosidades sobre Fernando de Noronha

Um dos destinos que mais amei conhecer em 2019 foi Fernando de Noronha. Um arquipélago com 21 ilhas de origem vulcânicas que conquista o coração de todos que vão conhecê-lo. O local é encantador e é considerado por mim e muitos outros um Paraíso. Então trouxe algumas curiosidades sobre a ilha que irá te ajudar a entender um pouco melhor a história local.

 

1. Primeira Capitania Hereditária do Brasil

O descobridor de Fernando de Noronha foi Américo Vespúcio, sendo esse o primeiro a descrevê-la. Isso aconteceu entre os anos de 1500 e 1502. Quem financiou essa expedição foi Fernão de Loronha, um importante homem português com grande importância nas Grandes Navegações. Como ele levava diversos elementos para Portugal, o Reino, o presenteou com a primeira Capitania Hereditária do país (ainda visto como Colônia).

O fato mais interessante é que Fernão de Loronha, NUNCA colocou os pés na ilha. Como não havia pedras preciosas, nem Pau-Brasil, ele não deu importância para o local. Com o tempo o Arquipélago, foi conquistado por outras nacionalidades, como: ingleses, holandeses e franceses. Dessas a que dominou por mais tempo foram os holandeses por aproximadamente 25 anos. Só que Portugal a reconquistou logo depois.

 

2. Noronha foi uma prisão

Quem um dia pensaria que um dos lugares mais lindos do Brasil, já foi o inferno de muitas pessoas. O Arquipélago tem posição estratégica e ficava de acordo com os portugueses entre o Velho e Novo Mundo. Dessa forma, eles ergueram 10 fortes pelas ilhas, que impedia o desembarque em qualquer ponto das ilhas.  Para a construção desses fortes eles precisavam mandar homens a força, esses eram presidiários. Eles não levantaram apenas os fortes, mas também boa parte da vila.

O local serviu como prisão durante aproximadamente 200 anos e visitá-lo era o que ninguém queria. Para evitar as fugas, a vegetação natural da ilha foi aos poucos retirada para que os detentos não construíssem barcos ou armas. O mais curioso é que nessa prisão não tinha muro. Isso mesmo, os presos tinham casas, podiam pescar e alguns conseguiam com o tempo levar suas famílias para lá.

 

3. Já foi considerado um Território Federal

Atualmente Fernando de Noronha faz parte a Mesorregião Metropolitana do Recife, ou seja, pertence ao estado de Pernambuco. Todavia, antigamente ela era considerada um Território Federal, devido sua função militar. Ela tinha como sigla FN e sua capital era a Vila dos Remédios, o principal povoado da ilha. Somente em 1988 que ela veio a ser um Distrito Estadual de Pernambuco, tendo um administrador indicado pelo governador do estado. Com isso, Noronha é o único Distrito Estadual existente no Brasil.

 

4. A segunda menor BR do país está em Noronha

Existe uma rodovia que corta toda a ilha, a BR-363. Esta é a principal rota da cidade, por ela transitam ônibus, motos, carros e bugues. Só que ela não tem uma grande extensão, na verdade ela é bem pequena e possui apenas 7 km de extensão. E como ela é a única rodovia na ilha, a mesma é a única BR do país que não está ligada a nenhuma outra rodovia nacional ou estadual. Outra curiosidade é que em Fernando de Noronha só existe um posto de combustível e devido o combustível ter que vir de navio, assim como tudo que vai para a ilha, esse é considerado o mais caro do Brasil.

Sei que tem gente aí que está se perguntando “Qual a menor BR do Brasil?”, é a BR-488 que liga a Rodovia Presidente Dutra e o Santuário de Aparecida no estado de São Paulo. Ela possui 5,9km de extensão.

 

5. Ninguém mais nasce em Noronha

Em 2004 o governo fechou a maternidade da ilha, alegando que os custos não justificavam a manutenção da maternidade.  A partir disso, todas as grávidas precisam deixar a ilha no sétimo mês de gestação. Elas são levadas para Recife e as passagens e hospedagens são custeadas pelo governo. As crianças mesmo nascendo em Recife, podem ser registradas como noronhenses.

 

Além dessas curiosidades, existem muitas outras que vocês vão acabar sabendo quando estiverem desfrutando da ilha. E ao ficarem sabendo me contem, ok? Ah, e se forem fazer trilhas, não tenham medo de cobras, pois na ilha não existe nenhuma cobra ou serpente.

 

Comments

comments

Deixe um comentário