6 dicas para sua viagem internacional

Para não passar perrengue em sua primeira viagem internacional, resolvi escrever esse post, dando algumas dicas  muito importantes.

Com certeza você passará um perrengue, ou algo não sairá como planejado ao fazer sua viagem. E não se preocupe, pois lembre que nós aprendemos com nossos erros, e irá ter muitas histórias para contar. Só que claro, se dá para evitar e não passar sufoco, vamos evitar, não é mesmo? Então siga essas dicas abaixo e pelo menos alguns erros não irão mais cometer.

 

1. Não entre em qualquer táxi no aeroporto

Nem todo país é organizado, então ao viajar não embarque no primeiro táxi. Em alguns países existem pessoas que te vendem o serviço de táxi, que te dizem um preço ótimo e você “brilha os olhos” na hora e se acha o mais esperto do mundo, achando que conseguiu economizar seu dinheiro. Mas esses no caminho te assaltam e te deixam na rua da amargura, sem nada. Portanto, sempre recomendo a fechar com empresas confiáveis de transfer, ou com táxis do próprio aeroporto, ou táxis oficiais da cidade, ou Uber (se tem essa opção, sempre a pego, pelo fato de que já sei o valor correto a pagar).


Veja também: Check List para viagem internacional!


2. Guarde o comprovante de pagamento do transporte público

Em muitos lugares do mundo, você não precisa apresentar o seu ticket para utilizar o transporte público, ou apresenta apenas para entrar e não precisa na saída. Mas em alguns deles saibam que o ticket que ingressa na catraca será necessário na saída. Só que isso é o de menos, muitas vezes, policiais passam pedindo para ver o seu comprovante de pagamento, para não se certificar que “não pulou a catraca” ou que está usando o serviço sem pagar. E se não tiver contigo, precisará pagar uma multa que varia de país para país. Uma amiga minha em uma viagem de trem teve que pagar uma multa de € 60. Então não tente dar uma de espertinhos, ok? E guardem todos os comprovantes em fácil acesso.

 

3. Não ande sem o seu passaporte ou cópia do mesmo

Particularmente eu não gosto de andar com a cópia do meu passaporte, prefiro estar a todo momento com o original, porque nunca se sabe quando irá precisar. Há muitos casos de conhecidos que foram parados na rua sem passaporte e a polícia os recrutou até a delegacia, ou pediram uma indenização que não se sabe se é legal ou ilegal, mas para sair dessa situação embaraçosa, você acaba pagando. Então sempre leve com você seu passaporte.


Veja também: Qual o limite de compras no exterior?


4. Deixe os documentos mais importantes sempre ao seu alcance

Acho que isso é uma dica fundamental, leve de forma fácil com você, todos os seus documentos mais importantes, pois se precisar, ele está de fácil acesso. Imagina deixar dentro da mala a passagem da sua viagem? Daí ao chegar no aeroporto terá que abrir a mala para pegar e fazer check in. Ou seja, deixa no seu alcance.

Mas aqui dou uma dica que devem prestar atenção. Eu carrego tudo em minha bolsa, ou na mochila do meu namorado e em nenhum momento deixo ele colocar naqueles bagageiros de mão, mesmo que em avião, ônibus ou trem. Se os documentos estão naquela bolsa, ela permanecerá comigo o tempo todo. Muitas pessoas são furtadas quando deixadas as bolsas nesses compartimentos, pois não há muito segurança e controle de quem pega essas bolsas. Já vi casos de pessoas irem pegar sua bolsa e ela ter sumido, então não passe por essa situação.

Outra dica é também na bolsa não deixarem em uma parte fácil de roubar, porque se está com a mochila nas costas e alguém abrir o zíper sem que veja, se certifique que não será fácil ele roubar algo. Perdi meu celular dessa forma, então vou dar esse conselho.

 

5. Não faça uma viagem internacional sem ter contigo a passagem de retorno

Em muitos portões de imigração pelo mundo eles solicitam a passagem de retorno ao Brasil, mesmo que não seja um documento “obrigatório” é necessário que tenha. Pois eles podem achar que não possuem intenção de retornar ao seu país. Algumas companhias aéreas nem mesmo deixam embarcar sem a passagem de volta, mas em algumas deixam e você só se vê no desespero, no momento que estiver na aduana. Nesses casos, as pessoas podem ser deportadas.

Comprei passagem para meu pai e irmão irem à Itália, somente de ida. Não tinha comprado o regresso deles, pelo fato de que não sabíamos quanto tempo eles iriam ficar, já que iriam mexer com alguns documentos pessoais nossos lá. Achei que seria tudo bem, mas em São Paulo já não deixaram que eles embarcassem e me ligaram na hora pedindo que eu comprasse a passagem de volta. Com isso tive que pagar um preço mais alto do que o esperado.


Veja também: O que não pode trazer em um voo para o Brasil!


6. Não faça a troca de câmbio em qualquer lugar

Essa dica é muito importante, por favor não troquem o seu dinheiro em qualquer lugar. Pegue referência de outras pessoas e cuidado com golpes. Há diversos tipos de golpes que algumas casas de câmbios ilegais realizam, como dar notas falsas e ter fundo falsa que some com dinheiro. Vou explicar melhor sobre essas situações.

Em Santiago estávamos viajando em amigos e no momento da troca, passaram a um amigo meu algumas notas falsas. Na hora ele nem percebeu, mas na hora que passou em um restaurante, o restaurante não aceitou. No nosso caso apenas devolveram a nota, mas por exemplo nos Estados Unidos é obrigatório chamar a polícia, quando o estabelecimento recebe notas falsas. Ou seja, trasntorno.

Já sobre o fundo falso, há lugares que você passa pelo vidro sua quantia de notas e eles tem um fundo falso que tiram um pouco das notas e no momento da conferência dele, eles falam “não, você que passou menos notas” e mentira, eles as tiraram pelo fundo. Então fique de olho durante a conferência e POR FAVOR vejam se as notas não são falsas.

 

Anotadas as dicas? Com certeza não passarão por essas situações desconfortáveis que só traz dor de cabeça. E aproveitarão melhor as suas viagens. Se tiver mais algum perrengue a ser evitado, me avise que incluo nessa listinha.


Dica para viagem internacional: SEGURO VIAGEM É IMPORTANTE. Então adquira o Seguros Promo com meu código de 5% de desconto (CHAPINHANAMALA5) e não passe apuros se algo acontecer. Além do mais, nunca esperamos o pior, mas é sempre bom estarmos preparados, não é mesmo? E para entenderem qual a necessidade de ter um seguro viagem, entrem aqui.

 

 

 

 

 

Comments

comments

Deixe um comentário