A rota das Ilhas Key

Quando decidi ir para Miami, não queria ficar somente na cidade e sim queria explorar um pouco mais do que a Flórida pode oferecer. Dessa forma, coloquei em meu roteiro percorrer essas ilhas durante um dia.

Eu saí bem cedo, parei em algumas e voltei ao final do dia, desde já aviso que NÃO recomendo o que eu fiz. É possível fazer um bate e volta, sim é possível e leva aproximadamente 04 horas para ir e 04h para voltar. Porém você mal conhecerá as ilhas e há ilhas que fico na saudade em voltar e outras eu fico na vontade de ter parado. Então o que recomendo é pelo menos dormir uma noite enquanto estiver explorando as ilhas.

As Ilhas Key estão localizadas no sul do estado da Flórida nos Estados Unidos da América, sendo o ultimo ponto do país a ultima das ilhas, a Ilha Key West. O local na verdade é um conjunto de mais de 1500 ilhas e o caminho entre Miami e a ultima ilha é de 160 milhas. Todas as ilhas são interligadas por enormes pontes que deixam a rota ainda mais impressionante. Essas ilhas são divididas em 05 grandes conjuntos de ilhas, são elas: Key West, Key Largo, Islamorada, Marathon e Big Pine.

 

 

 

 

 

 

 

Então para se chegar as Ilhas Key você deverá pegar a Overseas Highway (US Highway 1) de carro e desbravar todas as pontes que vir pela frente. Por isso não indico irem de avião, porque uma das maiores belezas é poder cruzar as pontes, realmente é uma experiência única. Há também a possibilidade de irem de ônibus, porém ele vai direto ao ponto final que é Key West, então não poderão ir parando e JURO que vocês irão se arrepender se não pararem em pelo menos uma ilha do caminho.

 

O primeiro conjunto de ilhas que você irá passar será Key Largo, esse é realmente LINDO. Caso queiram mergulhar pela região escolha um lugar por aqui. O local possui uma beleza natural fantástica, aguas cristalinas (você vê vários peixinhos), ótimo também para prática de snorkel e caiaque. Lá tem aqueles barcos de vidro que você passeia olhando o fundo do mar.

Logo após esse conjunto, você chegará a Islamorada. Essa é conhecida como a ilha dos Pescadores, devido serem ótimo para a prática da pesca. Neste local o mar é um pouco mais agitado, mas continua formando praias encantadoras.

A próxima parada que você poderá fazer é conhecer algumas do próximo conjunto de ilhas, a Marathon. Essa eu não tive a oportunidade de parar, mas pelo que vi e todos dizem as praias são incríveis e há um passeio clássico no local que é o Museum of Crane Point – museu com grande variedade de animais e aves, principalmente aves raras.

Continuando a descer a rota você chegará ao quarto conjunto de ilhas, a Big Pine. O local possui um grande parque natural maravilhoso chamado Bahia Honda State Park, este  é considerado um dos mais bonitos da região. Ele é composto não só por lindas praias, mas por uma grande área de lazer, aonde as pessoas vão para correr, andar de bicicleta, fazer piqueniques e tomar sol. Ah e lembre-se que necessário pagar para entrar nele, o valor é de  U$ 8,00 por veículo.

Após percorrerem pelos quatro primeiros conjuntos, você estará no quinto, ultimo maior e mais bem estruturado, Key West. Ali é onde está o maior numero de pessoas e é o ponto dos Estados Unidos mais próximo de Cuba, apenas 150km por mar. A cidade é linda, toda arrumada e organizada, cheia de hotéis, restaurantes, comércio e dizem ter uma noite agitada. Suas praias são sensacionais e assistir o pôr do sol de lá foi uma experiência maravilhosa que irei me lembrar para sempre.

Outro fator que vocês devem se atentar é a época em que vão, entre os meses de agosto a outubro é época dos furacões na região, então todo cuidado é pouco. Maaaaaaaaaas eu fui sim na primeira semana de setembro e não tive problema algum com isso. Não teve nenhum furacão na região (Amém!).

 

 

 

 

 

 

 

Quando eu decidi fazer essa rota eu não achei que eu iria gostar tanto e adoro quando as coisas me surpreendem. Amei desde o momento que comecei o trajeto, não sei nem dizer o que mais me encantou, se as ilhas em que parei, os restaurantes em que conheci, as praias que entrei. Mas mentira, eu sei sim, aqueles que me conhecem sabem o tanto que sou FASCINADA por pontes e aquela lá mexeu com meu coraçãozinho. O caminho inteiro eu ficava abismada com sua grandiosidade e hoje fico só nas saudades de poder voltar lá.

Comments

comments

Deixe um comentário