City Tour em Manaus

Ir para Amazônia sempre foi um grande sonho meu e Manaus é uma das cidades porta de entrada. Então iria para Manaus e claro que deveria conhecer o básico turístico dela e o que melhor do que um City Tour? Portanto fiz um pela cidade e vou contar como foi.

Eu fechei o meu City Tour em Manaus com o Olímpio Carneiro Turismo, como muitos outros passeios pela cidade e arredores. Achei o serviço dele ótimo, porque ele não traz um roteiro somente turístico, mas ele te leva a lugares que mostram a realidade da cidade e foi bem divertido e interessante. Outro diferencial é que ele mesmo faz questão de ser o guia, então nos conta muitas histórias e nos dá muita informação sobre o lugar.

Esse passeio leva mais do que meio período, começa bem cedo e sai do hotel por volta das 08h30m. Fui até a agência do Sr. Olímpio e ele nos explicou o que iriamos conhecer. Por volta das 09h da manhã cheguei na Praça São Sebastião e demos uma volta por ali. Conhecemos a Paróquia São Sebastião e depois fomos ao Teatro Amazonas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fizemos o tour guiado dentro do teatro, um dos passeios mais interessantes e deliciosos a ser feito na cidade. Porque o Teatro Amazonas é fascinante. Ele é lindo por fora e por dentro e impressiona a todos que vão visitá-lo. O tour pelo teatro é totalmente guiado e levou praticamente 1h30m para conhecê-lo por completo. Nos envolvemos mais do que o normal com o local que o que normalmente levaria apenas 01h atrasou um pouquinho. Saímos até atrasados de lá, quase às 11h da manhã e fomos “voando” ao INPA. Porque fomos rápidos? Porque eles encerram a entrada dos visitantes às 12h.

O INPA é o Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia, ou seja, eles estudam, catalogam, pesquisam, analisam a fauna e a flora da Floresta Amazônica brasileira. E sim você pode visitá-lo. Claro que há locais que não são permitidos o acesso do turista, mas podemos conhecer muita coisa por lá. As árvores do instituto possui placas com os nomes indicando de qual tipo são. Também há áreas destinadas a fauna em que envolvem muitos tipos de animais da Amazônia. Achei bem interessante como eles abordam os animais, de forma positiva e descontraída. Também há aquários com peixe boi, ariranha, algumas espécies de peixes e tartarugas.

Sou contra zoológicos, todavia entendo que é de necessidade um instituto de pesquisa para sabermos mais sobre a maior floresta do mundo e que pertence ao nosso país. Então quis conhecer o espaço e espero que os animais sejam bem tratados, porque pelo pouco que fiquei não dá para definir isso. Ficamos lá até às 12h30m. Infelizmente não pude ficar mais se não eu teria passado horas ali e aproveitado para tirar mil e uma fotos. Só que não podíamos porque ainda tínhamos mais alguns lugares para ir.

Após o INPA passamos pela área industrial e observamos algumas das empresas nacionais e internacionais que investem e estão estabelecidas em Manaus. Também passamos por áreas em que antes eram cobertas de água e atualmente mudaram com melhorias feitas pelo governo na cidade. Foi bem interessante passar por aonde antigamente era toda a Zona Franca, hoje dominada por lojas de coreanos e chineses.

Passamos pela orla da Praia da Ponta Negra, uma das principais da cidade e paramos almoçar no Restaurante O Lenhador. Aliás farei um post sobre esse lugar, porque imaginem um restaurante diferente e espetacular, definitivamente era esse. Depois do almoço fomos conhecer a zona portuária, no qual demos uma volta a pé até chegarmos ao Mercado Municipal.

Na verdade não paramos primeiro no Mercado Municipal e sim ao lado no Feira Municipal Moderna de Manaus, esse possui de um lado muitas lojas que vendem frutas, legumes, verduras e grãos. Já do outro lado dessa feira é destinada a bancadas e mais bancadas que vendem peixes. Eu adoro conhecer essas feiras e mercados, porque acho que aí realmente conhecemos a cidade. Do lado de fora dessa feira existem muitos boxes que servem pratos da culinária local. Como já havíamos comido, só comprei um Guaraná Real, típico da região norte do Brasil.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Depois de apreciar esse delicioso refrigerante fomos realmente até o Mercado Municipal e esse era totalmente destinado a artesanatos, souvenires e artigos para dar de lembrancinhas. Quer dizer existiam uns artigos de cosmético bem diferentes, até comprei alguns para experimentar. Como sabão feito com banha de tartaruga ou sabão feito de ariroba, cremes à base de açai, pupunha e outras frutas da região. Diferentes não? Mas achei interessante e o engraçado era que cada um deles ajudavam em um aspecto, para ansiedade, para estrias, relaxante muscular e coisas do tipo. Se funcionam? Mínima ideia, mas depois que eu usar conto para vocês.

Nossos passeios acabaram por volta das 16h. Nesse momento voltei ao hotel, foi um dia corrido, mas muito proveitoso em que adorei fazer e ainda deu tempo de chegar e aproveitar um pouquinho do hotel em que estava hospedada. Acredito que é um passeio que realmente devam fazer, porque vocês conhecerão um pouco mais sobre a história e a vida manauara.

 

Salve esse post no Pinterest!

Curtir isso:

Comments

comments


%d blogueiros gostam disto:

EMBARQUE NESSA VIAGEM!

EMBARQUE NESSA VIAGEM!

Receba os conteúdos e as novidades do blog em primeira mão no seu email e participe de promoções exclusivas!