Dicas para visitar a Ilha do Japonês

A Ilha do Japonês em Cabo Frio é um destino que você precisa conhecer. Um lugar de águas calmas, cristalinas para você passar o dia da melhor forma possível.

Nesse post você encontrará motivos para visitar o local e também dicas gerais sobre essa ilha incrível. Espero ajudar e inspirar vocês.

 

Como chegar na Ilha do Japonês

A melhor forma de chegar até a ilha é de carro. Quer dizer, você chegará até próximo a ela de carro e depois explicarei como fará a travessia. Para isso você precisa passar pelo bairro Cajueiro, nele deve seguir pela rua dos Espadarte até a entrada do Parque Estadual da Costa do Sol.  Esse é uma reserva com uma área de 9,8 hectares que cobra o valor de R$ 10,00 por carro de taxa de preservação ambiental. O valor lhe dá direito de estacionar seu carro perto à ilha ou a Praia das Conchas.

Já deixarei uma dica importante para vocês, se forem em feriados ou na alta temporada se preparem para ir bem cedo, pois há controle de entrada. Dentro do parque estadual terá indicações que te levam até a ilha. O percurso é de estrada de chão, mas é tranquilo para um carro baixo passar. O estacionamento é grande e fica uns 10 minutos de caminhada, do local da travessia.

Acredito que essa seja a maneira mais custo benefício. Depois há outra opção de chegar na Ilha do Japonês, que é com barco táxi que sai no bairro Passagem em Cabo Frio.

 

Travessia até a Ilha do Japonês

Há diversas maneiras que você pode fazer a travessia. Uma delas é a pé, essa é recomendada a ser feito quando a maré está baixa. Mesmo com ela baixa, ela pode chegar na sua cintura em determinadas partes. Então não recomendo crianças a fazerem esse trajeto, porque pode não dar altura.

Outra maneira de realizar a travessia é de barco. Esse tem o valor de R$ 5,00 por pessoa, mas é uma ótima opção para quem estiver com pessoas de idade avançada e também para aqueles que carregam eletrônicos e itens que não podem molhar. Além desses há como alugar caiaques e stand-up-paddle que podem te levar até a ilha.

 

Faça Stand-up-paddle ou Caiaque

Como disse anteriormente, tem como alugar caiaque ou stand-up-paddle para praticá-los ao redor da ilha. Esses normalmente são alugados por hora. É um passeio delicioso e maravilhoso em uma água muito calma e tranquila.

 

Levar lanche e bebida

No local que você faz a travessia tem estrutura, mas na ilha não tem estrutura nenhuma. Lá só há grande área de vegetação e areia para você sentar e apreciar o local. Com isso, é de extrema importância levar água, suco, lanche, algum alimento para passar o dia. Tem dias que há ambulantes vendendo algumas opções de comidas e bebidas. Quando eu fui tinha até um barquinho que ficava vendendo espetinhos, mas não é sempre. Então se forem passar o dia não deixem de levar opções.

Curtir isso:

Comments

comments


%d blogueiros gostam disto:

EMBARQUE NESSA VIAGEM!

EMBARQUE NESSA VIAGEM!

Receba os conteúdos e as novidades do blog em primeira mão no seu email e participe de promoções exclusivas!