Documentos que você precisa levar em uma viagem para a Europa

Está querendo ir para a Europa e não sabe que documentos precisa para entrar nesse continente? Vou falar tudo que precisa levar para não ter problemas.

Normalmente achamos que apenas o passaporte está ok, mas existem muitos outros documentos para entrar. Na verdade para entrar na União Européia são 05 documentos obrigatórios, isto definido para os 26 países que assinaram o Tratado de Schengen. Com isso você tem livre circulação por esses países.

 

Precisa de visto para entrar na Europa?

Como eu disse há o Tratado de Schengen e para os países pertencentes a ele não tem necessidade de um brasileiro ter visto para um período de 90 dias. Já para os demais países europeus pode ser que seja necessário. Para esses você precisa ver especificadamente , porque alguns possuem acordo com o Brasil, como o Reino Unido e tem alguns que não e tem necessidade de ter o visto. Outros você tira o visto na entrada do país mesmo, mas a grande maioria estão vinculados ao Tratado de Schengen. Confira o post com os países que estão no Tratado de Schengen.

 

QUAIS OS DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS?

1) Passaporte válido

Nesse quesito posso falar, porque já sofri tanto com meu passaporte vencido e perceber bem perto da viagem. Ai o que acontece? Entro em loucura e rezo para que meus documentos novos saiam a tempo. O correto é quando seu passaporte estiver com menos de seis meses você já dar a entrada nos documentos, mas muitos acabam passando batido nisso. Se você não entendeu os seis meses, isso é porque grande maioria de países na Europa pedem para que o passaporte tenha pelo menos esse período para expirar em seu momento de entrada. Ou seja, se você vai viajar em Dezembro de 2018, seu passaporte não pode vencer antes de Junho de 2019.

De acordo a lei o passaporte deve ter apenas 03 meses, já que esse é o período permitido para você ficar na Europa sem visto, porém na Bulgária, na Itália e Reino Unido eu tive problemas com isso. Após isso sempre deixo da maneira em que os Oficiais da Aduana me pediram que são os seis meses.

 

2) Comprovante de reserva de acomodação ou carta-convite

Pode ser que no momento que passar na imigração ninguém peça nada, mas se te pararem uma das primeiras coisas que irão te pedir é seu documento de reserva de acomodação, seja hotel ou se alugou uma casa. Eles querem saber aonde vão ficar e por quanto tempo, para não acharem que você ficará de vez. Agora se estiver indo para a Europa à negócios você precisa levar a carta-convite, essa serve como um documento de que alguma empresa e/ou instituição européia está “patrocinando/pagando” sua viagem. Se for ficar na casa de algum parente e/ou amigo que reside na Europa também precisará da carta-convite, mas essa deverá ser escrita na língua do país e assinada pelo residente.

 

3) Passagem de Ida e Volta

Esse documento você verá que é necessário antes mesmo de sair do Brasil, na hora que forem embarcar eles já pedem para você mostrar, que são suas passagens de ida e volta. Ano passado experimentei comprar passagens para meu pai e meu irmão irem e não havia comprado a volta, porque talvez eles voltariam antes do previsto. No aeroporto em São Paulo já barraram eles e falaram que não podiam, tive que comprar na hora a passagem para eles e mandar por internet. Então fica essa dica e se estiver em um caso parecido com esse compre a passagem com “mudança flexível”, o valor dela é maior, só que se precisar mudar é possível alterar uma vez sem pagar preços exorbitantes.

 

4) Seguro viagem

Muitos acham que contratar seguro viagem para ir à Europa não é necessário. Amigo, ele é OBRIGATÓRIO. Após o Tratado de Shengen foi determinado em uma das cláusulas que esse serviço era preciso e que o valor mínimo para os turistas era de € 30.000 euros. Isso para ser uma garantia de que os visitantes possam pagar suas despesas médicas e que eles não vão ficar com contas pendentes no exterior, principalmente em caso de óbitos. Nessas ocasiões para que a seguradora ajeite a volta da pessoa ao Brasil (mas isso não vai acontecer, espero!). Mas fique tranquilo você não terá que pagar esse valor todo, na verdade fica bem em conta um seguro viagem para lá. Eu super indico o Seguros Promo e se quiser 5% de desconto use meu código de desconto CHAPINHANAMALA5 .

 

5) Documentos que comprovam recursos financeiros para a viagem

Já fui várias vezes e nunca me pediram isso, mas dizem que se pedirem isso é necessário ter. Sabe aquele ditado “Faça o que eu falo, mas não faça o que eu faço”, encaixa perfeitamente aqui, porque eu nunca levo e preciso começar a levar. Então o que é necessário levar? Documentos que comprovem que você possui recursos financeiros para a viagem. Para se basearem em quanto precisam ter, foi estipulado pelas autoridades federais européia o valor de € 60 euros por dia ou € 600 euros para qualquer período. Não tem necessidade de mostrar seu extrato bancário com mais disso em conta. Caso vai usar o limite do cartão de crédito (meu caso, minha vida é estourar cartões) você precisa levar um documento que mostre que seu limite bancário é maior do que os € 600 euros. Lembrem-se que esse documento deve estar impresso e não pode ser mostrando pela internet.

 

Isso que falei ali em cima é de extrema importância: é necessário que tudo esteja impresso. Não vai matar ninguém levar algumas folhas de papel na bolsa, além de ficar muito mais fácil para vocês se organizarem.  Até agora citei os documentos obrigatórios, mas se você é aquela pessoa que não quer ter problema algum ou é um azarado de plantão leve mais alguns documentos que te vinculem ao Brasil.

Uma das funções da imigração é ter a certeza de que você não irá querer ficar para sempre na Europa ilegalmente, então se você mostrar que está ligado ao Brasil não terá problemas. Um documento que ajuda muito nesse quesito é levar um comprovante de emprego no Brasil, como um último holerite ou uma carta da empresa em que trabalha falando que estará de férias em determinado período. Se fizerem uma tradução juramentada melhor ainda, aí não tem erro. Outro documento que pode ajudar nesse momento é um comprovante de matrícula em faculdade caso esteja cursando alguma no momento.

Quando pensamos e falamos na imigração achamos que é um bicho de sete cabeças, meu coração mesmo toda vez que viajo para fora palpita mais forte e fico com medo. Tento sempre manter a calma e fazer cara de A EXPERIENTE, porque tem vezes que sim, eles irão te pedir tudo, mas na grande maioria não pedem nada e só batem o carimbo. Claro que eles fazem algumas perguntinhas de praxe “Até quando vai ficar?”, “Onde vai ficar?” e algumas outras assim, mas normalmente é bem tranquilo

Comments

comments

Deixe um comentário