Doenças que todo viajante precisa se preocupar!

Cada vez mais, a população está se preocupando com a saúde. E se você é um viajante de plantão precisa MUITO saber sobre algumas doenças, para que não as contraia durante uma viagem.

Ao viajarmos nós saímos da rotina e mudamos toda a forma de agir do nosso corpo. Acabamos exigindo mais do nosso corpo, comemos em horários diferentes do que os habituais e comemos algumas besteiras. Com isso ficamos expostos a bactérias ou micro organismos de riscos e podemos ir acabando em algum hospital, o que não queremos não é mesmo. Caso isso venha a acontecer, lembre de fechar um seguro viagem. Se quiser um desconto especial entre aqui no site da Seguros Promo e use meu código de desconto: CHAPINHANAMALA5

Dessa maneira, veja algumas doenças que podem ameaçar a nossa saúde enquanto estamos viajando. Também darei dicas para evitar o contágio e prevenção.

 

Malária

Uma das mais conhecidas doenças e muito faladas entre os viajantes é a Malária. A mesma é causada por um protozoário e é transmitida pelo mosquito. Essa está presente em mais de 100 países.

SINTOMAS: Febre, dores de cabeça, dor nas articulações, vômito e convulsões. No início você poderá confundir a doença com uma gripe, mas depois de uma semana a infecção se agrava.

PREVENÇÃO E TRATAMENTO: Evitar o local em que o mosquito está, seria o mais correto, mas pode ser difícil de acontecer, dependendo o seu destino. Consulte um médico e veja qual a melhor medicação para tomar, pois atualmente existem remédios que começam a tomar uma semana antes de viajar e continuam tomando até um mês depois que retornar.

REGIÕES MAIS AFETADAS: África Subsaariana, Região Amazônica, América Central, México, sul e sudeste Asiático e partes do oriente médio.

 

 

Febre Amarela

No Brasil nós conhecemos muito bem essa doença, pois muitos casos acontecem aqui. Ela é transmitida pelo mosquito e tem duração de aproximadamente 10 dias, todavia há diversos níveis de gravidade.

SINTOMAS: Febre, dor de cabeça, calafrios, vômito, náuseas, icterícia, dores no corpo e hemorragia.

PREVENÇÃO E TRATAMENTO: Todo brasileiro tem direito a vacina, ela é gratuita nos postos de saúde da rede pública. Essa vacina vale para toda a vida, sendo necessário tomar a vacina apenas uma única vez.

REGIÕES MAIS AFETADAS: América Central, América do Sul e África.

 

 

Hepatite A

A Hepatite A se dá por ingestão de água ou alimentos contaminados com material fecal, causando uma inflamação no fígado.

SINTOMAS: Febre, perda de apetite, cansaço, vômito, náuseas, cólicas abdominais, dores nas articulações e urina escura. A doença não se manifesta de forma imediata, mas sim entre duas e quatro semanas após a infecção.

PREVENÇÃO E TRATAMENTO: Alimentos mal cozidos, estão mais sujeitos a estarem contaminados. Portanto, evitem alimentos crus e sempre observe as condições de higiene dos lugares onde você come. Atualmente existe vacina para a Hepatite A, mas não na rede pública brasileira. Então se decidirem tomá-la é necessário dispor de uma quantia em dinheiro. Caso tenha contraído a doença, procure um médico, todavia muitas vezes a cura é espontânea.

REGIÕES MAIS AFETADAS: Quase todos os países do mundo, com exceção do Canadá, Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia, Japão e Europa Ocidental.

 

Insolação

Todo viajante está sujeito a ter uma insolação se estiver viajando em um local quente e seco por um longo período. A doença acontece muitas vezes após horas de sol forte, muitas vezes na praia ou em trilhas.

SINTOMAS: Febre, dor de cabeça, náuseas, tontura, pode ter aceleração dos batimentos cardíacos, vista embaralhada, dificuldade para respirar e em alguns casos há perda de consciência. Muitos com a doença possuem queimaduras na pele e também podem sofrer de outra doença, a desidratação.

PREVENÇÃO E TRATAMENTO: Protetor solar deve ser seu melhor amigo em viagens que ficará exposto ao sol, sem contar que deve ingerir MUITA água. Utilize óculos escuros, use roupas adequadas e após estarem com a doença passem creme hidratante e sabonete glicerinado. Se já está com os sintomas, indico a tomar um banho felado e se cobrir com toalhas molhadas em água fria.

 

Desidratação

Essa doença acontece quando o corpo perde líquido mais rápido do que ingere.

SINTOMAS: Tontura, prisão de ventre, dor de cabeça, boca seca, fadiga, pele seca e diminuição da urina. Se extiver em um caso extremo, pode ter uma grande sede, irritabilidade e confusão mental, mucosas secas, olhos fundos, urina escura, pressão arterial baixa, delírios e perda de consciência.

PREVENÇÃO E TRATAMENTO: O mais importante é beber muita água. Soro caseiro e bebidas isotônicas também são ótimas opções. Se com isso não melhorar, procure com urgência um médico.

 

Encefalite Japonesa

A encefalite japonesa é uma infecção no sistema nervoso central. Essa é causada por um vírus em que o mosquito transmite através da picada.

SINTOMAS: Febre, congestão nasal, mialgias generalizadas, calafrios, diarreia, dor de cabeça, vômito e convulsões. Vale ressaltar que de 15% a 40% dos casos levam à morte.

PREVENÇÃO E TRATAMENTO: Não há um tratamento específico, mas tem como aliviar os sintomas. O método correto é tomar a vacina, mas não deixe de usar repelentes com alguns elementos específicos: DEET, IR3535 ou icaridina. O ar condicionado, também é uma ótima opção, já que os mosquitos são atraídos por lugares mais quentes.

REGIÕES MAIS AFETADAS: Japão, China, Taiwan, Coreia, Filipinas, todos os países do Sudeste Asiático e a Índia.

 

Trombose

A doença é formada por um coágulo sanguíneo. Muitas vezes se inicia na perna, mas pode atingir órgãos vitais que podem levar a morte.

SINTOMAS: Dor de cabeça, dor na perna, inchaço com endurecimento da panturrilha, dificuldade de locomoção, sensação de calor na perna, veias superficiais dilatadas, pele avermelhada, azul ou pálida.

PREVENÇÃO E TRATAMENTO: Há algumas medidas que podem serem tomadas para prevenir, como prática de exercícios, evitar ficar sentado por muito tempo, manter uma dieta equilibrada, controlar o peso, não fumar, realizar exames dos níveis sanguíneos de colesterol e triglicérides, não se estressar e evitar o álcool. O tratamento só pode ser realizado dentro de um hospital, então se estiver com trombose, vá de imediato ao hospital mais próximo.

 

 

Raiva

Doença transmitida pela saliva de animais contaminados.

SINTOMAS: Febre, baba em excesso, sensibilidade exagerada no local da mordida, convulsões, perda de sensibilidade em áreas do corpo, perda de função muscular, entorpecimento, formigamento, dor no local da mordida, espasmos, agitação, ansiedade e dificuldade de engolir. A doença demora mais de dois meses para se manifestar e quando se manifesta, quase sempre é fatal.

PREVENÇÃO E TRATAMENTO: A melhor forma de prevenção é a vacina. Essa é distribuída pela rede pública de saúde. Se for a um destino que terá animais por perto, indico tomarem a mesma. Caso não tomou antes de viajar, mas foi mordido por um animal na viagem, vá direto a um médico para que ele o medique de forma apropriada.

 

Diarreia do Viajante

Sei que deve estar achando engraçado eu falar aqui sobre o “piriri”, mas ele pega muitos viajantes e não é nada agradável contrair essa doença. Ela é causada pelo contato com micro organismo que nosso sistema imunológico desconhece. Esse é contraído por ingerir alimentos e bebidas contaminadas.

SINTOMAS: Febre, diarreia, vômito e cólica.

PREVENÇÃO E TRATAMENTO: Não tome água de qualquer lugar, tente tomar somente água potável ou mineral. Observe os lugares onde come, opte por lugares mais limpos. Evite alimentos crus e se for preparar seu alimento, lave bem ou cozinhe bem o mesmo. Caso já esteja com a doença, faça repouso e beba bastante água mineral. O desconforto e sintomas persistem em média três dias.

 

Curtir isso:

Comments

comments


%d blogueiros gostam disto:

EMBARQUE NESSA VIAGEM!

EMBARQUE NESSA VIAGEM!

Receba os conteúdos e as novidades do blog em primeira mão no seu email e participe de promoções exclusivas!