Estátua do Juquinha

O principal símbolo da Serra do Cipó é o Juquinha da Serra, ele possui estátuas em sua homenagem e essas são paradas obrigatórias enquanto estiver na região.

Para entender um pouco mais sobre ele, irei contar sua história. O nome dele na verdade era José Patrício, mas ficou conhecido como Juquinha. Ele era um andarilho e vivia nas montanhas com seus dois irmãos. Ele vivia de uma forma simples e priorizava a natureza a cima de qualquer outra coisa. Ele como tradição colhia flores e dava aos turistas que encontrava. Normalmente ele fazia isso em troca de comida, roupas, qualquer objeto, ou apenas um abraço ou sorriso. O importante era interagir com aqueles que visitavam a sua casa: a Serra do Cipó.

Há rumores de que sua criação foi de forma selvagem, que ele mamou em lobas, que já foi picado por muitas cobras, comia escorpiões e calangos e que tinha mais de cem anos de idade. O mais interessante é que de acordo as lendas que circulam na região, dizem que ele morreu duas vezes. Uma ele foi encontrado à noite por seu irmão sem pulso e batimentos cardíacos, sendo assim velado em plena tristeza. Só que nesse momento ele se levantou do caixão, surpreendendo e assustando a todos que estavam presentes. Atualmente chamamos isso de “Catalepsia”, uma doença que faz seu coração parar de bater e depois de um tempo ele retorna a vida. Todavia, na época não sabiam que existia essa doença. Juquinha já era querido na região e após isso ele realmente virou uma LENDA. Tem quem dizia que ele era imortal, outros achavam que ele tinha vindo de outro planeta e alguns acreditava que ele era um enviado de Deus.

A data exatamente que Juquinha veio a falecer, ninguém sabe, mas foi no ano de 1983. Quanto menos a sua idade quando isso aconteceu. Há informações que circulam que ele teria morrido alguns dias após o seu “velório” e outros dizem que depois de alguns meses. E muito menos sabem o motivo, se foi pela doença ou por algum outro acontecimento.

Com isso em 1987 os prefeitos de Alto do Pilar e Conceição do Mato Dentro convidaram a artista plástica Virgina Ferreira para construir uma estátua em homenagem ao grandioso Juquinha. A estátua se encontra na parte alta da área de proteção ambientar da serra. Do local você tem uma vista maravilhosa da Serra do Cipó, para os turistas e ele admirar. O importante é nunca deixarmos a memória dele morrer e viver para sempre no coração de todos que por ali passar.

Para chegar até essa estátua, basta seguir de Santana do Riacho rumo a Conceição do Mato Dentro, na MG-010 km 117. Ao chegar no local deve ser feita uma caminhada plana de 300 metros, muito tranquila e na entrada do local há um restaurante para os turistas.

Com o passar do tempo subiram mais esculturas em sua homenagem e é possível encontrar algumas na cidade de Santana do Riacho, sendo algumas pequenas e outras maiores. Vale a pena passar admirar todas, mas bem na área central tem uma que se destaca e impressiona a todos. Ela é muito grande, Juquinha está em pé e em suas mãos, flores!

 

Salve esse post no Pinterest!

Comments

comments

Deixe um comentário