Gruta da Pratinha e a Gruta Azul

Demorei para escrever esse post, mas é que para mim ele será especial. Se está se perguntando o motivo, é que COM CERTEZA foi o meu lugar favorito de toda a Chapada Diamantina.

A Gruta da Pratinha e a Gruta Azul estão localizadas dentro da Fazenda Pratinha no norte da chapada. O local é literalmente um paraíso no meio do sertão nordestino. A água do local tem uma tonalidade azul cristalina que encanta a todos os turistas que por ali passam. São muitas atividades a serem feitas dentro da fazenda, então passar o dia é uma ótima programação. Eu não passei o dia todo, combinei com alguns outros lugares pelo percurso. A Chapada Adventure Daniel que organizou todo o meu roteiro, colocou ela junto com a Gruta Lapa Doce e com o Pôr do sol no Morro do Pai Inácio. Eu amei conhecer todas essas atrações, mas JURO que se eu tivesse um dia a mais pela Chapada Diamantina, eu voltaria na Pratinha.

 

Infraestrutura e atrações pela Fazenda Pratinha

A fazenda é maravilhosa, desde a entrada você já se apaixona pelo lugar. Há jardins bem cuidados com balanços, lanchonetes, restaurantes, espaço para massagem e muito mais logo na entrada. Quando você desce para o Rio Pratinha, você já fica boquiaberto com a claridade da água, passa pela tirolesa e se depara com dois caminhos a seguir. Para um lado chega até a Gruta da Pratinha que você pode fazer flutuação por dentro da mesma e se depara com muitos peixes e plantas aquáticas ao sair da gruta.

Minha dica é irem primeiro para esse lado e depois regressarem e irem realmente aproveitar o rio. Lá, mergulhe junto com os peixes e aproveite aquela água transparente. Bem em frente do local onde se acessam o rio há um restaurante/lanchonete bem delicioso. Outras atividades a serem feitas são pedalinho, caiaque e stand up paddle.

Há também na fazenda outra gruta incrível que é a Gruta Azul, essa não pode entrar na água, mas é possível ir até bem pertinho dela, admirar a cor da água e a beleza do local. Se você estiver perto das 15h por lá, priorizem ir nesse horário até a mesma, pois é o período em que os raios solares entram diretamente na gruta, deixando-a ainda mais bela. Para aqueles que querem aproveitar com mais gosto o lugar, ali há uma pousada que você pode se hospedar e aproveitar toda a infraestrutura.

 

Como funciona a Flutuação pela Gruta Pratinha

No começo confesso que não estava muito afim de fazer a flutuação, já que iria fazer no Poço Azul no outro dia. Então meu namorado me convenceu de fazer, porque voltar ali iria demorar, então seria talvez uma oportunidade única. Só digo uma coisa: AINDA BEM que ele me convenceu. A experiência que eu tive ali, nunca tinha tido em nenhum lugar e foi simplesmente MARAVILHOSA.

Entramos no rio, bem na entrada da gruta e o instrutor que iria nos acompanhar durante o percurso já foi nos alertando e dando algumas explicações, como onde poderia pisar, que são sob as pedras e não no fundo do local (isso para não subir o material do solo e deixar a água turva). Antes de começarmos a entrar na gruta, ele nos dá equipamentos que nos auxiliará no trajeto, como: snorkel, máscara, lanterna, pé de pato e salva vidas.

Com isso devemos nos vestir, e a partir dai é flutuar e acompanhar o guia. Ele vai explicando sob o local, mostrando morceguinhos que vivem no topo da gruta e muito mais. Durante o percurso você vai explorando toda a gruta com sua lanterna, já que fica totalmente breu lá no meio. Até momento de silêncio fazemos, para nos conectar com a natureza.

Toda essa experiência é incrível, mas para mim o final da flutuação foi algo que estará sempre em minha memória. Isso porque quando vamos saindo, estamos indo em direção a luz e a cor que você vê a água é uma das cores mais lindas que já vi. Uma tonalidade de azul perfeita, combinada com cardumes e mais cardumes de peixes que deixam o cenário absurdamente lindo. Antes de deixarmos o local, podemos flutuar pelo rio em uma área externa da gruta, que devido a presença de sol tem muitas plantas e peixes. Tem quem diga que se tiver sorte é possível ver tartarugas, mas eu não cheguei a ver nenhuma. Só que você ir flutuando ali e os peixinhos ao seu redor é uma sensação e lembrança inesquecível.

 

Valores a serem pagos na fazenda

A Fazenda Pratinha é uma propriedade privada, então para entrar na mesma é necessário pagar R$ 20,00. Esse valor te dá o direito de aproveitar as instalações e infraestrutura local. Só que há alguns atrativos que você terá que pagar à parte. A flutuação tem o valor de R$ 40,00 e a descida de tirolesa custa R$ 20,00 por pessoa. Se quiser fazer fotos profissionais embaixo d’água e mais algumas pelo local o preço sai R$ 40,00. Já o almoço é self service à vontade por R$ 25,00.

 

Como chegar

Como eu disse anteriormente, fui até a mesma em um passeio que fechei com a Chapada Adventure Daniel e super indico, pois com eles podem conhecer mais lugares nesse dia. Todavia se estiver com carro próprio irei dar algumas coordenadas que te levarão até o local. Antes de explicar como chegar, vale ressaltar que a Fazenda Pratinha fica na cidade de Iraquara, a aproximadamente uns 75km de Lençóis no norte da Chapada Diamantina. Saindo de Lençóis pela BA-144, você pega a BR-242 com sentido para Palmeiras. Você irá percorrer até poder mudar para a BA-480 com rumo a Iraquara, depois é só seguir as placas, pois você estará chegando.

 

Como podem ver eu amei ir ao local e esse é um lugar que digo VÁ, não podem deixar de ir quando estiverem pela Chapada Diamantina. Eu sei que vocês irão se apaixonar por lá, assim como aconteceu comigo.

 

Curtir isso:

Comments

comments


%d blogueiros gostam disto:

EMBARQUE NESSA VIAGEM!

EMBARQUE NESSA VIAGEM!

Receba os conteúdos e as novidades do blog em primeira mão no seu email e participe de promoções exclusivas!