Os jardins mais lindos de Buenos Aires

Buenos Aires é uma cidade encantadora e cheia de charme. Ela é conhecida como Cidade Verde na Argentina e tem muita arborização e jardins lindos. Então vem conhecer os jardins mais lindos de BA.

 

Como chegar

Seja para passar o dia, para ir conhecer, ou apenas tirar fotos. Esses jardins devem estar em seu roteiro pela cidade. Todos eles estão localizados no bairro de Palermo. E como eles são pertinho um do outro, podem fazê-los todos em um único dia, caso esteja com dias contados. De um a outro você pode ir a pé, mas se não quer andar, fique tranquilo que o Uber será baratinho. Para chegar, eu desci na estação de metrô Plaza Itália e comecei com o Jardim Botânico. Não fiz os três no mesmo dia, mas para vocês verem como é possível, deixarei o mapa abaixo. Os três jardins a serem visitados são: Jardim Botânico, Jardim Japonês e Rosedal.

 

 

Jardim Botânico

O Jardim Botânico é um espaço verde de aproximadamente 7 hectares e que possui uma grande variedade de espécies vegetais, mais de 5.500 espécies catalogadas. Ele não leva apenas um estilo de jardim, ele mescla diversos estilos de diferentes partes do mundo. É possível ver jardim em estilo romano, francês, oriental, entre outros. Além desses há diversas fontes belíssimas, esculturas, monumentos e cinco estufas que guardam as plantas das regiões mais cálidas.

O horário de visitação varia de acordo a época do ano em que visita a cidade. Se forem no inverno (22 de abril a 21 de setembro) ele abre de terça a sexta das 08h às 17h45 e aos sábados, domingos e feriados das 09h às 17h45. Já o verão (22 de abril a 21 de setembro) seu horário de funcionamento é das 08h às 18h45 de terça a sexta e aos sábados, domingos e feriados das 09h30 às 18h45.

Entrada: gratuita

Endereço: Av. Santa Fe, 3951.

Site: Jardim Botânico

 

Jardim Japonês

Outro jardim que se destaca em Buenos Aires é o Jardim Japonês. Esse jardim foi construído em 1967 com motivo de comemorar a visita do Príncipe Akihito. Atualmente ele é usado para celebrar festas tradicionais japonesas e para visita de turistas e moradores porteños. O local é administrado pela Fundação Cultural Argentina-Japonesa que busca promover da melhor forma essa cultura belíssima. Além de muitas áreas verdes e lagos, o lugar também conta com uma biblioteca temática japonesa, um restaurante e uma casa de chá. Ali é possível fazer vários curos, como: cultivo de bonsais e cursos de culinária japonesa. Para visitá-lo, deve ir das 10h às 18h, em qualquer dia.

Entrada: Menores de 12 anos e maiores de 65 anos, a entrada é gratuita. Para os demais custa $ 150,00 pesos argentinos.

Endereço: Av. Figueroa Alcorta e  Av. Casares

Site: Jardim Japonês

 

El Rosedal

El Rosedal não é um parque e sim um jardim que fica dentro de um famoso parque de Buenos Aires. Ele está inserido dentro do Parque Tres de Febrero, conhecido como Bosque de Palermo. O parque em si é muito grande e conta com uma área verde de 25 hectares. O parque foi inaugurado em 1875, mas a área do Rosedal foi implantada apenas em 1914. Nessa área você verá mais de 14.000 roseiras, um pátio andaluz, um alpendre coberto por “trepadeiras de rosas”, um lago e uma ponte. Um lugar muito romântico e bonito que deve ser visitado na cidade. Ele te encanta em aromas e cores que tomam o lugar. Assim como o Jardim Botânico, esse local tem horário de funcionamento de acordo a época do ano. Então no inverno ele abre diariamente das 08h às 17h e no verão das 08h às 20h. Todavia em alguns dias do ano eles não abrem, esses são: 1 de janeiro, Sexta feira Santa, 1 de maio, 20 de julho, 21 de setembro, 8 de novembro, 24, 25 e 31 de dezembro.

Entrada: gratuita

Endereço: Avenida Libertador e Avenida Sarmiento

Site: El Rosedal

 

Muitos acabam não querendo visitar parques e jardins, mas venho dizer que incluir esses três em seu roteiro pela capital argentina é algo que não se arrependerão. Eles são belíssimos e é uma programação diferente e inesquecível.


Comments

comments

Deixe um comentário