Patagônia Chilena

Quando escutamos a palavra Patagônia achamos que fica lá do outro lado do mundo. Mas na verdade nós somos quase vizinhos desse destino tão peculiar.
A região da Patagônia e dívida entre a Argentina e o Chile. Lemos muito sobre os dois destinos e fomos até lá descobrir qual era a realidade de um dos lugares mais lindos da América do Sul. Reza a lenda que A Patagônia da Argentina é mais estruturada e a do Chile é mais bonita.
.
Patagônia Chilena 
.
Como chegar ?
 
Decidimos ir até a cidade de Punta Arenas que é a capital da Patagônia Chilena.  Uma cidade com 125 mil habitantes. Parece uma cidade fantasma e gélida, por ser mais utilizada por conta do Aeroporto. Afinal o lugar mais famoso da Patagônia Chilena é o Parque Nacional Torres del Paine que fica próximo cidade de Puerto Natales que não possui aeroporto. Então o aeroporto mais próximo fica na pitoresca cidade de Punta Arenas. O acesso as cidades é tranquilo e fácil. Ônibus transitam diariamente fazendo o percurso que demora em torno de 3 horas.
Atenção : Em Punta Arenas não tem uma rodoviária.Existem vários terminais separados, de distintas companhias.
.
O que fazer em Punta Arenas?

Passamos 2 dias em Punta Arenas, decididos a conhecer a cidade mais próxima do Estreito de Magalhães – local aonde o Oceano Pacífico encontra o Oceano Atlântico. Caminhando pela orla da cidade você tem essa visão. Como toda cidade Chilena encontramos Cerros e Praças. A cidade possui Pubs que aquecem o coração dos viajantes noturnos que tem coragem de sair à noite no frio. E não podemos esquecer do Cassino Dreams que fica em um hotel lindo na orla do Estreito de Magalhães.
 .
Puerto Natales
Se você pensou que Punta Arenas era uma cidade deserta, espere pra ver Puerto Natales. Parece que saiu de um filme, aquele friozinho e um silêncio que só é interrompido pelos inúmeros turistas que chegam na Rodoviária da Cidade. Nessa mesma rodoviária você encontra ônibus para ir para o Parque Estadual Torres del Paine – caso você queira ir por conta própria e fazer um dos famosos percursos. Também pode-se comprar passagens para El Calafate – a parte Argentina da Patagônia.
Diferentemente de Punta Arenas a vida noturna de Puerto Natales é escassa. Com 19 mil habitantes podemos encontrar bastante restaurantes, câmbios, agências de turismo e alguns mercados para fazer a merenda para o passeio. A cidade é receptiva e nos hotéis você encontra com facilidade o serviço de merenda para você levar para o passeio que leva o dia todo.
 .
Torres del Paine 

O queridinho!
Normalmente os viajantes aventureiros escolherem o percurso W. Que é uma rota que tem o formato de um W dentro do Parque Torres del Paine. Caso você opte por esse percurso tenha em mente que ele pode demorar de 4 a 5 dias. Onde sua hospedagem podem ser os poucos e caros hotéis dentro do parque ou os abrigos e campings que fazem parte do parque.
Como estávamos de lua de mel, escolhemos uma forma mais light de vivenciar essa natureza tão preservada.
Escolhemos o Full Day. Um passeio de dia inteiro que passou por vários pontos do parque, como:
  • Cueva del Milodón
  • Mirador Lago Toro
  • Lago Grey
  • Lago Paine
  • Lago Pehoe
  • Cerro de los Cuernos
  • Lago Sarmiento
É um passeio bem completo, pagamos 35mil pesos por pessoa. O lugar realmente é encantador, a água dos lagos limpas, os cuernos nevados, as cachoeiras fortes e cheias de vida. Indo de carro com os guias tivemos a oportunidade de conhecer um lugar tão lindo de forma confortável é que atendesse as nossas necessidades. Essa forma de passeio é indicada também para famílias com crianças, idosos, grávidas e pra quem quiser ir de forma menos aventureira.
 .
 .
 .
 .
 .
 ..
 .
 .
 .
 .
 .
 .
 .
 .
 .
 .
 .
 .
 .
 .
.
.
.
.
Chegamos a conclusão que a Patagônia Chilena sem dúvidas merece entrar na sua lista de desejos. Você não ira se arrepender de conhecer esse Patrimônio da UNESCO.
 .
 .
 .
 .
 .
                                                                Texto escrito por: Natasha Ferreira
    @melevanamalaamor  

Comments

comments

Deixe um comentário