Roteiro em Capitólio

O destino queridinho do momento é Capitólio em Minas Gerais. Todos estão querendo ir para lá e conhecer essa região que possui belíssimas cachoeiras e um lago estupendo. E é claro que eu também tive que ir até o mesmo para conhecê-lo.

Essa foi uma viagem em que organizei com as meninas do grupo no facebook “Chapinha na Mala – Não quero viajar sozinha!”. Ali reuni sete meninas e partimos rumo ao estado mineiro. Nosso ponto de partida era o centro de Belo Horizonte, pois não havia como irmos de nossas casas para lá juntas, visto que cada uma era de uma cidade. Confesso que nessa viagem as paranaenses estavam em maior quantidade, mas estávamos em uma de Curitiba – PR,  uma de Campo Mourão – PR, uma de Cascavel – PR, duas de Maringá – PR, uma de São Paulo – SP e uma de Campina Grande -PB.

Nossa viagem teve duração de 04 dias (19 de abril a 22 de abril) e eu achei suficiente para Capitólio, claro que sabemos que quantos mais dias melhor, porém fizemos uma viagem compacta, mas em que pudemos desfrutar de muitos lugares maravilhosos. Agora anotem a maior dica, se puderem vão em dias de semana. Porque como eu disse é um destino que está super requisitado e finais de semana e feriado o mesmo fica ABSURDAMENTE lotado.

Agora é claro, nosso roteiro:

19/04/2018

09h – Saímos de Belo Horizonte, houve uns contratempos e acabamos nos atrasando um pouco.

10h30m – Realmente estávamos na estrada e durante o percurso algumas paradas foram feitas e ele foi feito um pouco mais devagar, devido nossa precaução nas rodovias e porque imaginam tantas mulheres juntas. Isso é sinônimo de MUUUUUITA foto.

14h30m – Chegada em Capitólio

15h – Almoçamos em um restaurante super famoso e indicado: o Restaurante do Turvo

16h30m – Parada no Mirante do Canyon do Lago de Furnas e ali ficamos até o pôr do sol, que nessa época do ano acontece por volta das 17h45m, 18h.

18h30m – Passamos no mercado na cidade de Capitólio, pois como estaríamos em um casa alugada foi necessário comprar alguns mantimentos e produtos de limpeza.

20h – Chegada em nossa casinha! Não saímos, acabamos ficando lá e descansamos porque no outro dia iríamos acordar bem cedo.

 

20/04/2018

08h – Foi a minha hora de despertar, mas teve quem levantasse antes e depois.

09h15m – Saímos rumo a Marina em que a WR Passeios mantém as suas embarcações.

10h – Fechamos o passeio de barco pelo Lago de Furnas com a WR Passeios. Fechamos o passeio com duração de 07h, tem quem diga que é muito tempo. Eu descordo se você estiver com muitas outras pessoas, achei ótimo o tempo. Lembrando que todas as meninas tiravam fotos em todos os lugares e também tivemos a liberdade de olhar para o Carneiro, nosso Capitão (uau, até parece da Marinha, quando fala assim), mas quando queríamos parar, ele parava e podíamos apreciar a vista ou nadar naquele grandioso lago. Sobre quais são as paradas do passeio e o percurso dele, colocarei um post falando sobre como funciona.

17h – Chegada de volta a Marina

18h – Voltamos para Casa, realmente temos espírito de velhas (pelo menos digo por mim, quem me segue sabe) e não saímos. Admito que um dia de muito sol e água cansa muito, e sair pelo menos para mim estava fora de cogitação.

Obs.: Nesse dia um carro das meninas partiu rumo a Passos, pois ele não estava com alinhamento bom, então preferimos que fosse até lá para a troca de veículo. Já o outro retornou para  a casa e começou a preparar o jantar.

 

21/04/2018

07h – Hora de despertar e sim foi cedo mesmo.

08h45m – Saída da casa, algumas meninas se atrasaram na saída. Mas viajar em grupo é assim, temos que entender em alguns momentos que nem tudo acontece da forma em que planejamos.

09h30m – Entrada no maior complexo de cachoeiras da região, o Paraíso Perdido. Aqui eu já aviso, eles mentem, não são tão grandes assim e não possui 18 cachoeiras e 08 poços como diz no site. Mas sim o lugar é encantador e pudemos apreciar suas 03 cachoeiras e alguns poços que o local possui.

11h30m – Almoçamos no restaurante do Paraíso Perdido, aliás uma comida caseira e deliciosa. Morri de tanto comer mandioca/aipim frita. O local serve um buffet self service, este você paga por quilo.

13h – Chegamos a mais um destino de cachoeiras, a Trilha do Sol e com certeza amei. Ficamos lá realmente até fechar. Fomos as ultimas a sair do local. Ele fecha às 17h, mas demoramos um pouquinho mais. Este local possui 03 cachoeiras e dentre elas trilhas com vistas maravilhosas.

19h – Chegada na casa, preparar jantar e nessa noite descobrimos um Karaokê lá na casa. Resultado? Muita cantoria, se alguém tirou nota para cima de 70 não me lembro. Então já imaginem o quão gostoso de ouvir estava, mas sou sincera e me diverti horrores. Pois amo axé e sou a rainha de começar a dançar essas musicas quando estou com as amigas (viu, já são amigas-, pego intimidade fácil).

 

22/04/2018

08h30m – Acordamos e esse seria nosso ultimo dia. As meninas mudaram um pouco os planos. Iríamos na Cachoeira do Lobo, mas como disseram que o preço da mesma estava bem puxada resolvemos fazer somente uma cahoeira gratuita.

10h – Chegada na Cachoeira da Filó e sim ela estava lotada. Pois em um domingo de sol e GRÁTIS, claro que o local estaria cheio. Não tinha o que duvidar disso

13h – Voltamos para aproveitar a casa um pouco mais.

14h30 – Um carro de meninas já quis sair rumo a Belo Horizonte mais cedo. Esse iria destino ao aeroporto.

16h – Horário em que havíamos combinado de saída para voltar a capital mineira.

20h – Chegada em BH  e fim para nossa trip em Capitólio.

 

Acredito que poderíamos ter explorado mais lugares e mais cachoeiras. Se estiverem em um numero menor de pessoas, acho que conseguem fazer as coisas de forma mais corrida. Ficaram algumas cachoeiras para serem desbravadas, mas isso é sempre um motivo para voltar. Eu amei a viagem mesmo com alguns conflitos entre muitas mulheres juntas hahahaha. E faria tudo novamente, sem pensar duas vezes.

 

Salve esse post no Pinterest!

Comments

comments

Deixe um comentário